Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Tecnologias importantes para a manutenção e a operação na mineração

 07 de fevereiro

Dadas as grandes despesas com bens de capital característicos da mineração, os desenvolvedores de tecnologia e usuários colocam uma prioridade muito alta na produtividade e nos equipamentos. A manutenção adequada é essencial para maximizar a disponibilidade e a produtividade. As duas palavras mais citadas dentro do segmento são: manutenção e reparo.

Maximizar os retornos dos ativos tornou-se cada vez mais frequente, já que o sucesso das empresas no segmento de mineração depende de alta produtividade e boas práticas de manutenção; porém, as margens foram espremidas com a concorrência e com os preços altos das matérias-primas. Além disso, à medida que o número de equipamentos é reduzido (por exemplo, o número de carregadeiras e caminhões na mina), as interrupções têm consequentemente maiores impactos na produção, em razão da falta de disponibilidade. Da mesma forma, uma interrupção em um único componente de alta criticidade para a operação pode simplesmente parar uma linha de produção inteira.

Como o equipamento de mineração normalmente está sob as mais diversas condições geológicas, torna-se mais difícil ter um suporte adequado para a manutenção, incluindo peças e know-how, visto que muitas vezes a localidade é remota e de difícil acesso. Portanto, é necessário ter um bom planejamento para que os equipamentos operem em sua plenitude, tendo disponibilidade durante toda a operação.

Na presente década, os gestores estão cada vez mais focados em identificar gargalos na produtividade; dessa forma, a manutenção se torna o segundo maior desafio organizacional.

Assim, para superar esses desafios, a empresa deve contar com as seguintes ferramentas:

• Monitoramento e diagnóstico de equipamentos (análise de óleo e outras técnicas);

• Programação da manutenção e reparo, com o uso das técnicas de monitoramento como apoio;

• Tecnologias e práticas de manutenção;

• Engenharia de sistemas robustos.

Deve-se atentar também para o fato de que as empresas de mineração estão cada vez mais preocupadas com a otimização de suas operações de manutenção.

Monitoramento de equipamentos e diagnósticos

Muitos fornecedores de tecnologia e serviços têm se destacado na grande variedade de tecnologias para monitoramento e diagnóstico do desempenho do equipamento.

Grandes equipamentos estão sendo providos com uma gama crescente de sensores para monitorar o estado de operação em equipamentos críticos, tais como: temperaturas, níveis e pressões dos fluidos, velocidade do motor, freio, rotações, desempenho e horas de operação. Há, porém, situações em que não é possível ter uma tecnologia de monitoramento onboard; para esses casos, podemos aplicar a análise de óleo, por exemplo, para monitorar a vida útil do equipamento.

Essas técnicas, denominadas “diagnóstico off-board”, são: análise de vibração, análise de óleo, termografia, dentre outras. Muitas operações de mineração relatam que usam a análise de óleo para monitorar a condição de seu óleo de motor, fluidos hidráulicos e outros, a fim de detectar sinais de desgaste, contaminação ou mau funcionamento. O teor elevado de fuligem e combustível, por exemplo, é um indicador de problemas que podem levar a desgaste e menor potência do motor, contaminação com combustível e/ou líquido de arrefecimento, que, por sua vez, indica degradação do lubrificante e possíveis falhas na lubrificação. A análise ao longo do tempo (tendência) pode indicar operação inadequada do equipamento ou a necessidade de mudanças no regime de lubrificação ou manutenção. Já a análise de vibração tem seu foco em rolamentos e mancais com possibilidade de sensores online para equipamentos com alto grau de importância operacional.

Plano de reparação e manutenção

As práticas de manutenção variam muito em toda a indústria e não parecem estar correlacionadas com o tamanho da empresa ou do segmento. Muitas empresas de mineração seguem as especificações do fabricante do equipamento, ao passo que outras “operam até o equipamento falhar”, prática esta muito comum quando não se tem indicadores para medir os custos e a disponibilidade.

Uma mudança para a manutenção preditiva (também referida como centrada na confiabilidade ou manutenção baseada em desempenho) exige um investimento pontual para se ter ótimos ganhos futuros; todavia, esse investimento muitas vezes é visto como custo, e não como redução de custo.

Grosso modo, a manutenção preditiva é um monitoramento dos sinais vitais da máquina, apontando quando a manutenção ou as intervenções de reparo devam ser tomadas. Esses diagnósticos podem sinalizar um problema a tempo, antes que ocorra de fato a falha.

A chave para o sucesso com tais diagnósticos inclui a obtenção de dados de tendências, para que, ao longo do tempo, possa se entender o que, à primeira vista, pareça ser dados abstratos. Contudo, os ganhos são: manutenções menos frequentes e menos graves, maior segurança, maior disponibilidade, o que as torna ferramentas de gestão de riscos.

 

A Oilcheck está pronta para ajudá-lo a trazer ótimos resultados utilizando a análise de óleo como importante ferramenta de gestão dos riscos.

 

Escrito por: Maurício Carvalho – Especialista Oilcheck.

 

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS