Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Envelhecimento da frota Brasileira

 06 de março

Uma máquina agrícola parada interfere na produtividade e ainda gera custos expressivos aos produtores. Uma forma de evitar tal situação é utilizar as ferramentas da manutenção preditiva, que anteveem problemas e prolongam a vida útil do maquinário.

Idade média do maquinário no Brasil

No Brasil, a idade média das máquinas industriais é de 17 anos de uso, mais do que o dobro do maquinário nos Estados Unidos (sete anos) e o triplo da Alemanha (cinco anos), como revelam os dados da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e da Gardner Business Media. De acordo com especialistas da área, um maquinário antigo interfere na competitividade da empresa e revela subinvestimento em maquinário. Além disso, um parque industrial antigo tende a comprometer a produtividade da indústria.

Para fins contábeis, o tempo de vida útil de um equipamento é de dez anos, uma vez que o empresário pode depreciar 10% do valor da máquina a cada ano, permitindo, assim, reduzir a base para o pagamento do Imposto de Renda. Com o envelhecimento da frota, o desempenho vai se reduzindo, o que faz com que essas máquinas sejam usadas para operações menos complexas.

O principal problema de uma frota envelhecida é o impacto na produtividade. Em um estudo realizado pelo Ibre/FGV, o Brasil apresentou a menor taxa de produtividade do trabalho, comparado a Chile, México, Colômbia, Peru e Argentina, países da América Latina selecionados para a pesquisa. Isso revela que o país investe pouco na renovação de equipamentos e máquinas. De forma geral, a produtividade de uma empresa é inversamente proporcional à idade do seu maquinário.

Quando não há cuidados adequados com a manutenção, um produtor pode se tornar refém dos problemas causados pelo envelhecimento da frota. Por isso, é importante ficar atento na hora de escolher a manutenção do maquinário. A manutenção preditiva é uma forma planejada de cuidar dos equipamentos de uma empresa.

Esse tipo de manutenção faz o acompanhamento periódico dos equipamentos, com base em inspeções em campo e a análise de dados coletados por meio de monitoramentos. O principal objetivo da manutenção preditiva é a verificação pontual dos equipamentos, a fim de antecipar eventuais problemas que possam causar mais gastos com manutenção corretiva. Esse tipo de manutenção indica as condições reais de funcionamento dos equipamentos, baseando-se nos dados sobre o desgaste ou o processo de degradação. Tal procedimento prediz o tempo de vida útil dos componentes e as condições para que esse tempo seja mais bem aproveitado pelo usuário.

A manutenção preditiva tem como objetivos eliminar desmontagens desnecessárias para inspeção, impedir o aumento de danos, aumentar o grau de confiança no desempenho de um equipamento ou linha de produção e reduzir o trabalho de emergência não planejado.

Análise de fluidos e a vida útil da frota

Uma das ferramentas mais importantes da manutenção preditiva é a análise de fluidos, que permite realizar avaliações laboratoriais rápidas e precisas sobre o lubrificante utilizado nos equipamentos. Com a análise de fluidos, torna-se possível detectar tanto os desgastes das peças móveis dos equipamentos quanto à presença de substâncias contaminantes.

Com um diagnóstico preciso com base na análise de óleo, a equipe responsável pela manutenção das máquinas e equipamentos pode identificar mais rapidamente e até mesmo antecipar possíveis erros, evitando comprometer o desempenho do serviço ou a qualidade do produto.

Ao apostarem na análise de óleo, as empresas só têm a ganhar. Um dos principais benefícios é o prolongamento da vida útil dos componentes, reduzindo, assim, gastos com material de reposição, trocas de óleo desnecessárias e mão de obra em manutenções não programadas.

Conclusão

Com o envelhecimento da frota, um produtor corre mais riscos de seu maquinário passar por paradas inesperadas e outros problemas. A fim de evitar esses problemas, você pode contar com a análise de fluidos e as demais ferramentas da manutenção preditiva, que geram maior confiabilidade e disponibilidade nos equipamentos, sem prejuízos ao processo produtivo.

Saiba mais sobre como a Oilcheck pode aumentar a vida útil da sua frota.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS