Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Como se beneficiar da manutenção preditiva em vagões-tanque

 23 de junho

O transporte de combustível é imprescindível para o funcionamento contínuo de diversos setores da indústria no Brasil. Por conta disso, a manutenção preditiva dos vagões-tanque deve receber bastante atenção, já que esses equipamentos são fundamentais para o transporte de combustível no país, e sua manutenção preditiva melhora os resultados obtidos.

Abaixo, falaremos um pouco sobre os vagões-tanque e como a manutenção preditiva pode beneficiar seu funcionamento:

Vagões-tanque

Vagões, antes de tudo, são veículos de ferrovia construídos para o transporte de mercadorias, animais ou passageiros. Há vários tipos deles, dentre os quais, os vagões-tanque, responsáveis pelo transporte de líquidos e de materiais pastosos. Esses vagões possuem bombas que realizam o carregamento e o descarregamento do produto transportado, iniciando e finalizando o ciclo.

As bombas são instaladas em paralelo nos vagões e enviam o produto para tanques de armazenamento, utilizando-se de um conjunto de válvulas que permite que cada uma dessas bombas possa ser utilizada para descarregar os vagões. Indicadores de pressão e de temperatura, além disso, permitem ao operador acompanhar o processo, analisando a temperatura do produto nas linhas, bem como medir a pressão, tanto na sucção quanto na descarga das bombas. O controle de vazão é realizado pela medição da variação de nível no tanque que estiver recebendo o produto.

Essas bombas, vale ressaltar, ainda possuem um sistema de selagem que tem por finalidade evitar que o fluído bombeado escoe para o exterior, o que pode causar contaminação do ambiente no qual os equipamentos estão instalados.

Desafios

Dada a complexidade do funcionamento dos vagões-tanque e de suas bombas, cuidar desses equipamentos traz alguns desafios que, se tratados de maneira irresponsável, podem comprometer bastante os trabalhos desempenhados, prejudicando a busca pelos objetivos que se pretende alcançar.

A falha no sistema de selagem, por exemplo, é um dos maiores motivos de paradas das bombas, uma vez que pode ocasionar sérios impactos ao ambiente por conta do vazamento de produtos nocivos à saúde, ou seja, indo muito além da falta de eficácia nos resultados.

Outro desafio bastante comum reside no fato de que, dependendo da temperatura, as bombas podem ter seu funcionamento comprometido e, em determinados casos, até parar de funcionar. Adquirir conhecimento a respeito disso e realizar a manutenção preditiva para conseguir os melhores resultados possíveis do equipamento é de suma importância. Entenda aqui como controlar mais e gastar menos.

Custos

Vazamento de produtos por falhas na selagem, folga nos mancais, sobrecarga no motor, falha de lubrificação, etc. São muitos os problemas aos quais os vagões-tanque estão expostos, sobretudo quando há descuido em relação ao trato do equipamento, não se trabalhando de maneira proativa para antecipar os fenômenos.

Os custos, quando não são feitas análises prévias dos vagões-tanque, são muito maiores, além de atrapalhar a elaboração de planejamentos mais precisos. A manutenção preditiva, dessa forma, pode diminuir a frequência da troca de peças e evitar paradas que comprometam substancialmente os resultados, fazendo bastante diferença.

A análise de óleo, por exemplo, pode reduzir os custos de maneira significativa, já que prolonga o período de funcionamento útil do equipamento e impede falhas recorrentes. Conheça 5 benefícios da análise de óleo.

Conclusão

Vimos que os vagões-tanque são equipamentos complexos ao mesmo tempo que fundamentais para diversos tipos de indústrias, o que aumenta a importância de se realizar a manutenção preditiva, potencializa os lucros, evita paradas imprevistas e diminui o risco de vazamentos que, consequentemente, poderiam causar multas ambientais.

Depois de receber uma amostra do óleo de uma locomotiva, a Oilcheck verificou que havia algo errado. A amostra apresentou alta concentração de fuligem e dos elementos de desgaste (ferro e cobre), além de contaminação por diesel. Com a análise de óleo, o cliente evitou um custo de aproximadamente R$ 50 mil.

Saiba tudo sobre análise de óleo na área Ferroviária.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS