Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Como identificar vazamentos nos seus equipamentos

 30 de outubro

Os vazamentos são considerados um dos maiores problemas enfrentados pelas indústrias, pelas fábricas e por outras empresas. Eles podem ser prejudiciais aos processos de produção, desgastar (e, inclusive, danificar) equipamentos e comprometer, substancialmente, os resultados finais.

Isso se agrava ainda mais quando há dificuldade na identificação dos vazamentos e eles se prolongam por maior período de tempo. Já que podem ocorrer tanto em equipamentos em geral como em tubulações e tanques de armazenamento, seu monitoramento é um processo amplo.

Neste post, explicaremos as melhores formas de identificar vazamentos nos equipamentos de sua empresa!

Como identificar vazamentos

Encontrados principalmente nas formas de líquidos ou de gases, os vazamentos têm como formas mais comuns de detecção as realizadas por meio de alarmes instalados ou, ainda, de inspeções feitas por meio de técnicas e aparelhos específicos para apontá-los.

A detecção e a correção desses vazamentos em instalações, máquinas e equipamentos são muito importantes, como apontado acima, tanto nos aspectos de custo em geral, como também nos de segurança, consumo de energia e preservação do meio ambiente.

Dessa forma, para conter ou minimizar as possibilidades de vazamentos, é aconselhável fazer uso de vários métodos simultaneamente visando a aumentar a eficiência na detecção dos vazamentos.

Os mais comuns são os instrumentos eletrônicos que acionam alarme (ou que acendem lâmpadas), os mecanismos ultrassônicos para detectar ruídos em alta frequência e o método mais simples, mas não menos importante, que são os sentidos humanos para a percepção de irregularidades.

Vazamento de óleo

Um dos tipos de vazamento mais comuns e que mais prejudicam as empresas são os de óleo.

Por meio de mudanças na própria coloração ou a de sinais dados pelas máquinas (como o superaquecimento, por exemplo), os vazamentos de óleo podem ser percebidos de várias formas, o que não necessariamente é uma boa notícia, já que indica que eles também podem ocorrer de outras maneiras.

Não é incomum, no entanto, ver pessoas deixando esse problema de lado por considerá-lo banal ou algo que se vai estancar repentinamente. Mas não é desse jeito que um vazamento de óleo deve ser tratado.

Assim que qualquer indício desse problema é observado, é importante resolvê-lo o quanto antes. Um motor que não está sendo lubrificado, por exemplo, pode fundir e gerar gastos muito maiores que os custos com monitoramento de equipamentos da sua empresa.

Caso os vazamentos ocorram, entenda aqui como gerenciar vazamentos de óleo nas máquinas de sua empresa!

Manutenção preditiva

Levando-se em conta tudo o que foi abordado acima, a manutenção preditiva se mostra como uma importante técnica de acompanhamento com base no estado do equipamento.

Ela é responsável pelo acompanhamento periódico das máquinas e, baseando-se na análise de dados coletados por meio de monitoramentos ou inspeções em campo, possibilita que medidas sejam tomadas antes mesmo que as falhas – ou, nesse caso, os vazamentos – aconteçam.

A análise de óleo, além disso, é um dos principais procedimentos da manutenção preditiva e permite que os operadores das máquinas fiquem inteirados das condições em que estão os aparatos. Isso faz com que eles possam reajustá-los e que os prejuízos sejam evitados.

Além disso, a manutenção preditiva é um processo abrangente e pode ser realizada em diversas áreas. Entenda, por exemplo, a importância da realização da manutenção preditiva em motores a diesel.

Conclusão

Pelo que foi apontado neste post, pudemos observar que os vazamentos são um problema sério e que, em função disso, deve ser tratado com a mesma seriedade. Seja por meio da manutenção preditiva para evitar que os vazamentos aconteçam, seja nas ações reativas quando os vazamentos ocorrem. Escolher uma empresa capacitada para a realização dessas funções também é de suma importância para que os resultados sejam satisfatórios.

Não perca tempo e faça já uma cotação para a manutenção preditiva em seus equipamentos!

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS