Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Industrial

Fabricante, cuide da imagem do produto em primeiro lugar

 17 de novembro

As empresas podem fazer parte de segmentos totalmente diversos, trabalhar com múltiplos produtos e ainda ter incontáveis diferenças na maneira com que articulam sua imagem.

Mas, ainda assim, um fator é comum entre todas elas: não há produto que sobreviva à queima de sua imagem, por mais estabilidade que ele já tenha no mercado.

Por causa disso, trabalhar bem a sua imagem como fabricante, ter um diálogo aberto com o cliente e monitorar continuamente a recepção de seus produtos pelo público são procedimentos básicos para a estabilização da sua marca.

Neste post, falaremos um pouco da importância de cuidar da imagem de seu produto e consequentemente obter mais estabilidade no mercado.

Público

Antes de tudo, é importante que você saiba bem com qual público está falando, quem você quer cativar e quais pessoas você visa converter em clientes.

A determinação disso é primordial para que você possa cuidar da sua imagem e, dessa maneira, articulá-la de uma maneira mais precisa em relação ao seu referencial, isto é, o público.

A definição clara sobre quem é o seu público e a real noção do que é o seu produto (assunto que abordaremos no próximo tópico) são fundamentais para o sucesso de sua marca.

Produto

Assim, para consolidar sua marca, é decisivo que você tenha a real noção de qual é o seu produto, quais são suas propriedades, seus pontos fortes, fracos, etc.

Quando há melhor entendimento quanto a isso, as chances de se ter uma divulgação mais coesa em relação ao que é, de fato, seu produto, aumentam, o que faz crescer a confiança do cliente.

Pense que seu produto não precisa ser perfeito (nenhum produto o é), mas é necessário que ele cumpra o que prometeu com a sua imagem e constitua para a sua empresa uma relação honesta com quem paga para obtê-lo.

Se um produto não supre as expectativas do cliente no que diz respeito ao que foi vendido pela sua imagem, não tem como ele continuar vivo.

Esse contexto torna ainda mais relevante a realização de manutenção em seus equipamentos. Elas permitem maior cuidado quanto à qualidade dos procedimentos realizados e conferem maior unidade dos produtos entregues por você, fabricante.

Confira aqui como calcular o custo da manutenção preditiva.

Monitoramento

Após ter trabalhado os dois primeiros tópicos de maneira cuidadosa, é de suma importância acompanhar como seu produto está se saindo no mercado e como está o nível de satisfação do cliente no que tange a ele.

Hoje em dia, além das ferramentas que permitem acompanhar o que se tem falado nas redes sociais, o principal método de pesquisa tem sido o NPS (Net Promoter Score).

NPS

Desenvolvido nos Estados Unidos, esse método consiste na realização de pesquisas simples e objetivas. Elas são feitas com os clientes, que, após terem respondido a duas perguntas, ajudam sua empresa a determinar o grau de satisfação obtido.

Na primeira pergunta, o cliente deve responder qual é a nota que ele atribui ao  produto ou ao serviço do fabricante. As respostas variam em uma escala de 0 a 10, e, a partir do resultado, uma nova pergunta é feita de acordo com a resposta dada na primeira.

Se a resposta for de 0 a 6, a próxima pergunta será: “Qual o motivo dessa nota?”. Se for 7 ou 8, a questão será: “Quais dicas você daria para tirarmos nota 10?”. E, por último, se for 9 ou 10, a pergunta a ser respondida será: “Que abordagem você utilizaria para indicar nosso produto/serviço para um amigo?”

A fim de monitorar o desempenho dos seus equipamentos como fabricante, além disso, são muitos os recursos disponíveis. Um dos principais é o s360, ferramenta que permite o acompanhamento em tempo real de suas ferramentas.

Saiba aqui como realizar o cadastro de seus equipamentos e registrar amostras.

Conclusão

Com tudo que foi abordado acima, pudemos observar que a articulação de seu produto com o público com o qual você está lidando deve ser extremamente pensada. Isso ajuda sua consolidação no mercado e propicia melhor previsibilidade do trabalho que está sendo feito. O monitoramento e a manutenção preditiva, além disso, possibilitam que você saiba quais escolhas deve tomar para manter seu produto em alta e continuar fidelizando seu público.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS