Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Filtragem

Filtração de óleos novos

 10 de abril

Filtração de óleos novos podem aumentar desempenho de máquinas. 

Uma simples ação de filtração de óleos novos antes de coloca-los em uso, pode assegurar que não sejam levados contaminantes, como água e material sólido para as máquinas móveis e industriais. E assim promover um nível geral de limpeza adequado. Dessa forma, evita-se o comprometimento do desempenho e as avarias em componentes das máquinas.

Para se assegurar que os óleos lubrificantes novos que serão utilizados nos maquinários móveis e industriais estejam com o Nível Geral de Limpeza adequado, é necessário que se faça uma filtração antes de serem colocados em operação. Esta ação simples assegurará que os óleos lubrificantes não conduzirão contaminantes, como água e material particulado sólido. Que possam afetar o seu desempenho e causar avarias aos componentes móveis.

Durante o processo de envasamento, armazenamento, transporte e entrega os óleos lubrificantes novos podem sofrer contaminação por água e material particulado sólido. A este fato podemos acrescentar que, durante o manejo e armazenamento na planta industrial ou no site de construção civil, os óleos lubrificantes se contaminam ainda mais. O que torna de grande importância assegurar-nos que os lubrificantes que ingressem nos maquinário móveis e industriais estejam livres de contaminação por água e material particulado sólido.

Figuras 1/2 – Óleo lubrificante novo pode sofrer processo de contaminaçãoFiguras 1/2 – Óleo lubrificante novo pode sofrer processo de contaminação

Para estarmos seguros que os óleos lubrificantes novos que serão utilizados nos maquinários móveis e industriais. Estejam com o Nível Geral de Limpeza adequado será necessário que os filtremos antes de serem colocados em operação. Esta ação simples assegurará que os óleos lubrificantes não conduzirão contaminantes, como água e material particulado sólido. Que possam afetar o seu desempenho e causar avarias aos componentes móveis.

 Carros de filtração de óleos novos

Os carros de filtração de óleos lubrificantes são equipamentos cada vez mais necessários, para não dizer indispensáveis, na excelência de um programa de lubrificação e podem ser utilizados para:

  1. Transferência de fluidos a contentores de armazenamento. O óleo lubrificante novo se transfere do contentor original ( balde metálico, bombona plástica, tambor metálico, IBC etc. ) A contentor de armazenamento em armazéns remotos ou salas de lubrificação através de carro de filtração.
  2. Transferência de fluidos para o maquinário. Óleo lubrificante novo é transferido diretamente dos contentores originais para maquinários móveis ou industriais por meio de carros de filtração.

Figuras 3/4 – Transferência de fluido dos contentores originais para contentores de armazenamento ou diretamente para o maquinárioFiguras 3/4 – Transferência de fluido dos contentores originais para contentores de armazenamento ou diretamente para o maquinário

  1. Atingir Nível Geral de Limpeza de óleo lubrificante novo armazenado por meio de retirada de contaminantes ( água e material particulado sólido ).

Figuras 5/6 – É necessária a filtração de óleos novos para se atingir Nível Geral de Limpeza adequado para uso

É importante que se faça processo de filtração de óleo novo novo quando:

  1. O produto estiver armazenado por longo período de tempo.
  2. O produto estiver armazenado sob intempérie e sem cobertura apropriada.
  3. Quando o equipamento móvel ou industrial demandar óleo lubrificante com elevado Nível Geral de Limpeza.
  4. Ao transferir o óleo lubrificante das embalagens originais para os contentores intermediários portáteis com vedação ou diretamente para reposição de nível.

Figuras 7/8 – Óleos lubrificantes armazenados por longo período de tempo ou sob intempérie demandam filtraçãoFiguras 7/8 – Óleos lubrificantes armazenados por longo período de tempo ou sob intempérie demandam filtração

  1. Se as embalagens originais ou contentores intermediários portáteis com vedação se encontrarem abertos ou armazenados sem tampa e sem filtros dessecantes e para material particulado sólido nos respiradouros.

Figuras 9/10 – Embalagens originais e contentores de reposição abertosFiguras 9/10 – Embalagens originais e contentores de reposição abertos

  1. Caso as embalagens originais estejam com rupturas ou com selos de vedação danificados.

Para se efetuar a filtração de óleos lubrificantes novos armazenados deve-se instalar filtro dessecante e para material particulado no respiradouro da embalagem original. (Tambor metálico, IBC, tanque de armazenamento em granel etc. ) A fim de que o ar succionado para o interior do contentor esteja livre de umidade e material particulado sólido. Sendo o processo de descontaminação atingido plenamente. Como regra prática sugere-se que o Tempo de Filtração seja calculado de forma tal que o volume de óleo lubrificante passe pelo sistema de filtração, ao menos, sete vezes.

  1. Para a drenagem de óleo lubrificante usado em equipamento móvel ou industrial sugere-se a retirada do óleo lubrificante do reservatório usando-se carro de filtração.

Figuras 13/14 – Drenagem de reservatório utilizando carro de filtração com filtro de óleo lubrificante em derivaçãoFiguras 13/14 – Drenagem de reservatório utilizando carro de filtração com filtro de óleo lubrificante em derivação

Esta prática é muito mais eficaz como forma de retirada de umidade e material particulado sólido que a drenagem, por gravidade, de sedimentos depositados em fundo de reservatório de óleo lubrificante. Neste procedimento é necessário que o filtro de óleo lubrificante seja colocado em derivação, através de válvula. Para permitir a passagem do óleo lubrificante sem que seja realizada a filtração.

  1. Filtração de óleo novo com maquinário em operação (filtração off-line). Pode-se deixar carro de filtração permanentemente à disposição de equipamento móvel ou industrial. Para serviço complementar de filtração ou para proporcionar purificação adequada de óleo lubrificante em sistemas que não contem com sistema de filtração adequado.

Figuras 15/16 – Purificação de óleo lubrificante com maquinário em operaçãoFiguras 15/16 – Purificação de óleo lubrificante com maquinário em operação

Os óleos lubrificantes das embalagens originais. Uma vez filtrados, podem ser aplicados diretamente aos maquinários móveis ou industriais. Ou podem ser transferidos a contentores intermediários portáteis com vedação para evitar o ingresso de contaminantes. Permitindo a aplicação do óleo lubrificante purificado. Quando os volumes a serem utilizados não justifiquem o uso de carro de filtração.

Figuras 17/18 – Uso de contentores intermediários portáteis com vedaçãoFiguras 17/18 – Uso de contentores intermediários portáteis com vedação

É bastante prático que nas salas ou quartos de lubrificação, para efeito de controle e cuidados. Haja espaço designado para o armazenamento dos carros de filtração que não estejam em uso. Cada carro de filtração, se possível, deverá ter a sua área de estacionamento claramente identificada com tinta de cor específica para o tipo de lubrificante em que serão utilizados com vistas a se evitar contaminação cruzada.

Figuras 19/20 – Local designado em sala de lubrificação para estacionamento de carros de filtraçãoFiguras 19/20 – Local designado em sala de lubrificação para estacionamento de carros de filtração

O uso de carros de filtração é atividade mandatória. Quando se deseja alcançar níveis de excelência na lubrificação de equipamentos móveis e industriais. A melhoria do Nível Geral de Limpeza de óleos lubrificantes novos e em uso. Resultarão na melhoria na disponibilidade do maquinário e redução de custos de manutenção. Sem sobra de dúvidas, investimentos de carros de filtração de óleos novos dão retornos muito rápidos e superam, em muito, o capital empregado.

Figuras 21/22 – Carro de filtração é excelente investimento

Artigo originalmente publicado em: http://portallubes.com.br/2018/03/filtracao-de-oleos-novos/

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS