Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Você conhece os cinco diferentes tipos de graxa?

 06 de março

A lubrificação é essencial para o bom funcionamento e a vida útil de suas máquinas e equipamentos. A lubrificação faz com que o atrito sólido das superfícies dos componentes seja substituído pelo atrito fluido, ou seja, o atrito entre uma superfície sólida e um fluido.

Essas são condições de suma importância, já que promovem considerável redução do desgaste entre as superfícies, bem como a dissipação de energia em forma de calor, da temperatura, da corrosão, das vibrações e de desgastes em geral.

Óleos lubrificantes podem ser gasosos, como o ar; líquidos, como óleos em geral; sólidos, como a grafita; e semissólidos, como as graxas, sendo os líquidos e os semissólidos os mais práticos e de uso diário. Discutiremos neste post as propriedades da graxa e seus diferentes tipos para a lubrificação de seus equipamentos.

Guia de coleta de graxa

Obrigado! Você pode fazer o download do E-Book acessando este link.

Graxa: lubrificante semissólido

As graxas consistem em compostos lubrificantes semissólidos, constituídos por uma mistura de óleo, aditivos e agentes engrossadores chamados “sabões metálicos”, à base de alumínio, cálcio, sódio, lítio e bário. Elas são utilizadas onde o uso de óleos não é recomendado.

As graxas são submetidas a ensaios físicos padronizados que, além de controlarem a qualidade do produto, servem como parâmetro aos usuários. Dentre as propriedades que determinam seus ensaios, estão aspectos como dureza relativa, resistência à penetração, bem como a capacidade de formar fios ou filamentos e de aderência, dentre outros.

 

Os diferentes tipos de graxa

Os tipos de graxa são classificados e se diferenciam com base no sabão metálico utilizado em sua fabricação. Discutiremos a seguir quais são os seus tipos:

 

1.Graxa à base de alumínio

Macia e quase sempre filamentosa, a graxa à base de alumínio é resistente à água, apresenta boa estabilidade estrutural quando em uso e pode trabalhar em temperaturas de até 71°C. É utilizada em mancais de rolamento de baixa velocidade e em chassis.

 

2. Graxa à base de cálcio

Vaselinada e resistente à água, a graxa à base de cálcio possui boa estabilidade estrutural quando em uso e deixa-se aplicar facilmente com pistola. Pode trabalhar em temperatura de até 77°C e é aplicada em chassis e em bombas d’água.

 

3. Graxa à base de sódio

Comumente fibrosa, a graxa à base de sódio em geral não resiste à água, tem boa estabilidade estrutural quando em uso e pode trabalhar em ambientes com temperatura de até 150°C. É aplicada em mancais de rolamento, mancais de rodas, juntas universais, dentre outros.

 

4. Graxa à base de bário

Vaselinada, a graxa à base de bário apresenta boa estabilidade estrutural quando em uso, é resistente à água e pode trabalhar em temperatura de até 150°C. É utilizada em veículos automotivos e na aviação, principalmente.

 

5. Graxa mista

Como o nome já sugere, a graxa mista é constituída por uma mistura de sabões. Assim, existem graxas mistas à base de sódio-cálcio, sódio-alumínio, etc.

 

Conclusão

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os tipos de graxa e suas propriedades, você também possui mais informações sobre as necessidades do maquinário de sua empresa. Para a garantia de alta produtividade e bom desempenho de seus equipamentos, é necessário acompanhamento rigoroso dos óleos lubrificantes, com a aplicação dos métodos que compõem a manutenção preditiva, como a análise de óleo.

 

Prolongue a vida de sua frota de equipamentos com a manutenção preditiva da Oilcheck.

Comentários:

Manutenção Preditiva | 01 de novembro
A graxa de sabão de lítio tem Textura fina e lisa, pode trabalhar em ambientes de até 180 °C e é comumente aplicada em bombas d’água e juntas universais. E você tem razão, ela deveria estar nessa lisa. Obrigada pelo alerta e percepção, vamos enviar o artigo para revisão. Qualquer dúvida estamos à disposição

Comentários:

henrique | 25 de outubro
e a base de lítio?

Comentários:

Luciano | 20 de abril
Muito bom saber novas informações

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS