Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Filtragem

Por que fazer microfiltragem

 18 de janeiro

Microfiltragem: o que é?

Importante procedimento da manutenção preditiva, a microfiltragem atua na extração da contaminação sólida dos fluidos, prolongando a vida útil dos equipamentos e contribuindo para a redução de custos. Com a microfiltragem, também é possível evitar falhas e desgastes prematuros do maquinário.

Neste post, você vai conhecer mais sobre a microfiltragem e sua importância para as empresas.

A presença de pequenas partículas é um dos fatores que mais prejudicam a performance do óleo lubrificante. Em um processo de filtragem tradicional, no entanto, não é possível identificar contaminações sólidas pequenas. Já a microfiltragem garante retenção mais eficaz e capta partículas de até nove micras de tamanho. É importante ressaltar que mesmo os óleos mais novos precisam passar por esse processo de manutenção preditiva, uma vez que eles vêm naturalmente contaminados do fabricante.

A microfiltragem utiliza uma tecnologia australiana de filtragem de óleo capaz de reter aproximadamente 900 gramas de contaminantes sólidos e remover também as borras do fluido. O processo de microfiltragem se baseia na separação de partículas presentes em óleos, fluidos e emulsões em que os elementos filtrantes apresentem poros de 0,1 a 10 micrômetros. Na microfiltragem, o óleo passa pelo conjunto de filtros, onde são eliminadas as partículas de contaminação. Substâncias maiores que os poros são excluídas do fluido circulante.

A técnica mais eficaz de microfiltragem de óleo é a microfiltragem de profundidade. Ela remove as partículas de forma mais eficiente, confere mais segurança no processo e, principalmente, oferece melhorias na produtividade, dentre outros benefícios para seu equipamento. Além de ser um fator de redução de custos.

 

Microfiltragem: benefícios

No processo natural de operação, todo equipamento se contamina, e cerca de 30% do óleo contaminado permanece nas linhas e nos subcompartimentos do equipamento. A empresa que não adota a microfiltragem pode passar por diversos problemas com seu maquinário. Para evitar intercorrências, as empresas devem conhecer bem os benefícios da microfiltragem.

Além de trazer diversas vantagens para os gestores, como a redução de custos com manutenções mais caras, como a corretiva, por exemplo, a microfiltragem possibilita a reutilização do óleo hidráulico. Em alguns casos, o óleo contaminado é descartado na natureza de forma imprópria, mesmo quando há a possibilidade de receber outros usos valendo-se de procedimentos corretos de descarte. Por outro lado, a microfiltragem tem solução sustentável, visto que permite que o óleo hidráulico seja reutilizado. Isso reduz custos com a troca do fluido e diminui o impacto ao meio ambiente.

  • Prolongamento da vida útil

O processo de microfiltragem faz com que o fluido fique limpo dentro da máquina. Um equipamento com níveis menores de contaminação tende a um desgaste menor de componentes e peças. Dessa maneira, os componentes têm sua vida útil prolongada, assim como todo o equipamento.

  • Proteção dos componentes

Na maior parte dos casos, o desgaste dos componentes se dá pelo uso extensivo de equipamentos e pelo maior consumo de combustível. A microfiltragem evita esse desgaste, estendendo a vida útil do filtro de óleo original.

  • Tempo de parada reduzido

Um dos maiores benefícios das ferramentas de manutenção preditiva é aumentar a disponibilidade do maquinário. Por meio da microfiltragem, é possível reduzir o tempo e o número de paradas dos equipamentos, o que gera redução de custos para a empresa e ganhos em produtividade. A técnica também evita paradas desnecessárias.

  • Aumento de disponibilidade

A microfiltragem é feita ao mesmo tempo em que o maquinário está em operação, não comprometendo o processo de produção. Esse procedimento garante maior disponibilidade da máquina, uma vez que não é necessário realizar a parada dos equipamentos, como ocorre nos procedimentos de manutenção corretiva.

 

Microfiltragem: problemas da contaminação

A contaminação está entre as maiores questões enfrentadas pela manutenção, causando danos como o desgaste dos componentes, o bloqueio dos orifícios e a formação de ferrugem. Por meio da microfiltragem, é possível evitar tais problemas. No total, existem três tipos de óleo que podem ser submetidos ao procedimento, visando à máxima eficiência da manutenção preditiva.

Óleo lubrificante: Se contaminado, pode ter sua eficácia comprometida, o que acarreta maiores problemas ao maquinário. Sua contaminação demanda diversas paradas para manutenção e troca de peças, dentre outros processos corretivos, prejudicando bastante a sua produtividade.

Óleo diesel: O diesel contaminado pode comprometer a produtividade dos equipamentos, além de apresentar falhas prematuras de bicos injetores e bombas. Uma microfiltragem adequada protege o sistema de injeção contra a contaminação.

Óleo hidráulico: Quando contaminado, um sistema hidráulico pode desgastar prematuramente o equipamento, perder a eficiência por fugas internas, demandar excesso de troca de óleo e apresentar falhas em válvulas e bombas. A microfiltragem do óleo reduz o custo com manutenção e aumenta a eficiência do maquinário, prolongando também a sua vida útil.

Veja abaixo os principais problemas causados pela contaminação:

  • Falhas de bombas e válvulas
  • Perda de eficiência causada por fugas internas
  • Paradas desnecessárias do equipamento
  • Desgaste prematuro na vida útil
  • Excesso de troca de óleo
  • Perda de produtividade
  • Falhas prematuras de bombas e bicos injetores

 

Conclusão

Como você pode perceber, a microfiltragem é uma importante ferramenta da manutenção preditiva, que traz benefícios aos gestores e às empresas. A captação de contaminação se torna mais eficiente com a microfiltragem, melhorando o desempenho dos equipamentos e reduzindo os riscos de manutenções corretivas futuramente. Com a microfiltragem, são evitados desgastes no maquinário, que passa a ter maior disponibilidade e gera redução de custos.

 

Descubra o que a microfiltragem da Globalcheck pode fazer pela manutenção do seu equipamento.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS