Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

O que fazer quando a frota está fora do padrão de confiabilidade?

 24 de março

A procura por uma qualidade total de serviços e produtos, bem como a crescente preocupação com os aspectos ambientais, passou a ser constante nas empresas. A partir disso, surge um dos principais desafios para as organizações: definir o papel da manutenção no contexto da competitividade das organizações e no mercado em que atuam.

Técnicas e processos de produção estão cada dia mais complexos e ramificados. A manutenção é um importante fator de competitividade e aumento da produtividade, na medida em que essa atividade pode retardar a obsolescência dos equipamentos.

Em instalações industriais, as paradas para manutenção representam uma das maiores preocupações para a produtividade do maquinário. Paradas e correções imprevistas podem causar atrasos no cronograma da fabricação, indisponibilidade das máquinas, aumento de custos, dentre outros.

Isso gera prejuízos financeiros e perda de confiabilidade nos negócios. Para combater esses problemas, as empresas precisam adotar um bom planejamento e a programação da manutenção. Discutiremos neste post o que fazer quando a frota não está em conformidade com os padrões de qualidade e confiabilidade, especialmente com foco na Gestão de Manutenção.

 

Gestão de Manutenção

  • Planejamento, programação e controle

Antes de tudo, planejar significa conhecer cada trabalho e cada recurso para executá-los e tomar decisões. A função de programar consiste em determinar o pessoal, o horário e o local para a execução dos trabalhos. Logo, um bom plano e uma boa Gestão de Manutenção deve atender a todos esses aspectos.

  • Organização e administração

Por organização do serviço de manutenção, podemos entender a maneira como se compõem, ordenam-se e estruturam-se os serviços para alcance dos objetivos traçados. A administração do serviço de manutenção visa normatizar as atividades, ordenar os fatores de produção, contribuir para a produção e a produtividade com eficiência, sem desperdícios e retrabalho.

O maior risco que a manutenção pode sofrer, especialmente nas grandes empresas, é o da perda do seu principal objetivo, por causa principalmente da falta de organização e/ou por manter uma administração excessivamente burocratizada.

  • Produtividade

Assim como os demais órgãos da empresa, a manutenção assume o papel de prevenção, evitando atrasos nas entregas, insatisfação dos clientes e perdas financeiras. Contudo, para que tal função seja executada, os programas de manutenção devem ser pensados de forma integrada e estruturados com objetivos e políticas ditados pela administração.

Dessa forma, uma das maneiras mais seguras e eficazes de se aprimorar a produtividade está no uso das técnicas de análise de falhas, gerando um Plano de Manutenção baseado em confiabilidade para garantir a elevada disponibilidade do ativo.

 

Manutenção corretiva vs. Manutenção preditiva

Quando uma máquina tem seu funcionamento interrompido por conta de alguma falha ou desgaste, o responsável pelo equipamento recorre a técnicas que visam corrigir e recuperar a capacidade de produção do equipamento, seja trocando peças com defeito, seja usando outras ferramentas. Tais procedimentos fazem parte da manutenção corretiva, que atua de forma reativa, como o nome sugere.

Por outro lado, a manutenção preditiva consiste em uma modalidade de acompanhamento que preconiza o monitoramento de indicadores dos equipamentos e seus componentes. Tudo isso é feito a fim de se prever possíveis falhas antes que elas ocorram e onerem as empresas com os altos custos da manutenção corretiva, em que esses equipamentos afetam a produtividade de toda a cadeia operacional, além de gerar gastos com novas peças e componentes.

A manutenção preditiva tem como objetivo determinar com antecedência a necessidade de serviços de manutenção, além de eliminar desmontagens necessárias para inspeção e reduzir o trabalho de emergência não planejado. Por meio das técnicas preditivas, o proprietário do equipamento pode aumentar o tempo de disponibilidade dos equipamentos, aproveitando a vida útil deles e consequentemente evitando o aumento dos danos.

Saiba mais sobre a manutenção preditiva e sua importância lendo o nosso post sobre o tema.

Treinamento da equipe de manutenção

Para uma aplicação eficaz da Gestão de Manutenção, é necessário que as equipes de manutenção e produção adquiram e desenvolvam os conhecimentos e as habilidades imprescindíveis para a execução das tarefas. A melhoria constante das práticas de manutenção, assim como a redução de seus custos, também é resultado da capacitação de cada equipe envolvida nas atividades, com base nos processos da Gestão de Manutenção.

Dessa forma, aprimoramentos significativos nos custos da manutenção e na disponibilidade dos equipamentos podem ser atingidos por meio de diversas iniciativas. Algumas delas são: absorção de algumas tarefas de manutenção pelas equipes de operação dos equipamentos; educação e treinamento dos envolvidos nas atividades de manutenção; planejamento da manutenção com ênfase na estratégia de manutenção específica por tipo de equipamento.

 

Conclusão

Valendo-se da leitura desta postagem, fica evidente a importância da Gestão de Manutenção, que abrange todas as atividades de gestão que determinam objetivos, estratégias, responsabilidades, controle e supervisão da manutenção.

Uma Gestão de Manutenção eficaz promove a melhoria de métodos na organização e até mesmo nos aspectos econômicos. Afinal, apesar de não acrescentar valor ao negócio apenas em si mesma, a manutenção permite a estabilidade necessária para os resultados do processo produtivo.

Somado a isso, com a aplicação dos métodos da manutenção preditiva, é possível antecipar as necessidades de intervenção em peças e equipamentos e evitar paradas nas operações, reduzindo custos e trazendo vantagens para o seu negócio.

 

Converse com quem entende de manutenção preditiva. Fale com a Oilcheck.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS