Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Nem todo lubrificante especial é lubrificante sintético

 03 de outubro

Há um entendimento incorreto no mercado de lubrificantes, principalmente com relação a lubrificantes especiais. Nem todo lubrificante especial pode ser considerado e comercializado como lubrificante sintético. O lubrificante especial nada mais é do que a busca por uma fórmula especialmente desenvolvida para atender a uma necessidade específica.

Dentro do grupo de lubrificantes especiais, os mais nobres são os sintéticos, produzidos a partir de poliglicóis, óleos de silicone, ésteres, polialfaolefina e substâncias fluoradas. Esses apresentam boa lubricidade, vida útil muito longa, maior resistência à degradação e à carbonização, além de suportar muito bem os ataques químicos, inclusive os de solventes. Chegam a durar de oito a 16 vezes mais do que os lubrificantes convencionais.

Contudo, existem outros grupos dentro dos lubrificantes especiais, isto é, os lubrificantes especiais minerais. Derivados do refino do petróleo, os lubrificantes especiais minerais têm tratamentos diferenciados de laboratório e recebem aditivos especialmente desenvolvidos para as funções às quais são indicados. Apresentam alta lubricidade, mas são mais suscetíveis à degradação pela temperatura do que os lubrificantes sintéticos.

Temos ainda os lubrificantes especiais semissintéticos, fabricados por meio da mistura dos sintéticos (de 20% a 30% da fórmula) com os minerais (de 70% a 80%), o que resulta em produtos de ótima qualidade.

Os lubrificantes especiais podem também ser biodegradáveis, de acordo com a sua formulação e o resultado comprovado mediante Laudo de Biodegradabilidade, emitido por entidades conveniadas com órgãos públicos, conforme norma OECD 301 B, atendendo às normas do Ibama.

Por isso, fique atento e peça sempre a especificação completa do óleo especial. Se houver dúvida, consulte a OILCHECK, cuja equipe está preparada para orientá-lo.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS