Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Filtragem

Microfiltragem: resolva problemas nos fluidos dos equipamentos marítimos

 27 de julho

Introdução

As empresas que trabalham com equipamentos marítimos precisam estar atentas quanto à qualidade do óleo combustível. Cada tipo de óleo – diesel ou bunker – possui suas especificidades químicas que devem ser consideradas nas ações de manutenção preditiva.

E-Book

Obrigado! Você pode fazer o download do E-Book acessando este link.

Como se sabe, o motor de um barco é bem diferente do motor do carro, a começar pelo esforço e potência. Por isso, os motores das embarcações precisam contar com óleos combustíveis em excelentes condições, já que são esses fluidos os responsáveis por reduzir atritos entre as partes internas, manter a temperatura de pistões e cilindros e proteger peças e dispositivos de corrosões e outros estragos.

 

Problemas nos fluidos

São muitos os fatores que afetam negativamente na qualidade dos óleos e, consequentemente, no bom funcionamento dos equipamentos marítimos. Baixa viscosidade, cristalização no escoamento, corrosão e desgaste dos materiais são alguns deles, já discutidos neste texto.

Outro grande problema dos óleos marítimos é que mesmo os novos estão suscetíveis a diferentes formas de contaminação. Até mesmo a água salgada do mar pode ser uma fonte contaminante. A presença de água e sedimentos, como lodo, pode acarretar em obstruções da passagem de óleo, redução do poder calorífico do combustível e corrosão das peças internas. A água também pode ocasionar acidentes e danos ambientais quando vaporizada em embarcações que utilizam óleo bunker.

Águas de rios e mar podem carregar milhares de micro-organismos, como fungos, bactérias e algas. Quando presente no óleo, esses minúsculos seres podem comprometer a lubricidade dos fluidos. É preciso também ter muita atenção com os sedimentos inorgânicos, que podem depositar nos bicos injetores de combustível e, assim, prejudicar o escoamento e a combustão. Os óleos combustíveis são compostos por alguns metais, como alumínio, silício e sódio, que não queimam e, assim, formam óxidos que se instalam nas paredes das peças internas e causam superaquecimento e erosão.

 

Recorrendo à microfiltragem

Para evitar ou identificar qualquer contaminação no óleo diesel ou outro combustível para embarcações marítimas é essencial apostar numa rotina de inspeção e investir em soluções de manutenção preditivas. Uma das mais importantes soluções é a microfiltragem. Essa técnica evita falhas e desgastes prematuros nos motores a diesel dos equipamentos marítimos.

Mesmo com todos os cuidados tomados, os fluidos podem ser contaminados facilmente durante uma operação. Os sintomas de contaminação costumam ser silenciosos, o que dificulta o diagnóstico. Por isso, a microfiltragem é a melhor opção para prevenir falhas de motores a diesel e perdas significativas.

Mas como funciona a microfiltragem? A técnica consiste em passar o óleo por um conjunto de filtros até que as partículas de contaminação sejam eliminadas. Esse processo precisa ser feito mesmo em óleo novo, pois já vem contaminado de fábrica.

Saiba mais sobre a microfiltragem neste artigo.

 

Conclusão

Os combustíveis marítimos são facilmente contaminados por diferentes tipos de substâncias. Só mesmo ações de manutenção preditivas são capazes de identificar problemas nos fluidos. As empresas que não apostam na microfiltragem do óleo de sua frota podem sofrer com diversos prejuízos financeiros devido ao aumento do consumo de combustível e do custo de manutenção, maior tempo de equipamentos parados e perda de produção.

Adicionar filtros nos equipamentos pode prolongar a sua vida útil dos equipamentos e da frota marítima como um todo, já que a técnica permite evitar falhas de bombas e válvulas, desgaste prematuro do equipamento e a perda de produtividade.

Saiba mais sobre os benefícios da microfiltragem. Entre em contato com os especialistas da Globalcheck.

 

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS