Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Análise de Óleo

Manutenção de Máquinas da Agropecuária

 21 de outubro

Safra perdida é sinônimo de grandes prejuízos para qualquer produtor agrícola. Tanto o excesso quanto a escassez de chuvas podem ser apontados como uma das principais causas das perdas. No entanto, os fenômenos naturais não são os únicos vilões dessa história. Além do cenário econômico, o mau funcionamento das máquinas agrícolas compromete, e muito, os bons resultados da sua empresa.

A manutenção preditiva auxilia no acompanhamento das reais condições de funcionamento de máquinas e equipamentos, expondo dados sobre seu processo de degradação e tempo de vida útil. Esse é um método imprescindível para a máxima eficiência e o prolongamento do tempo de uso de seu maquinário, evitando gastos com ações corretivas.

 

Manutenção preditiva: evite prejuízos durante a safra

O solo, o ar e a vegetação carregam uma série de substâncias impuras, que danificam as máquinas agrícolas e contaminam os óleos lubrificantes do motor desses equipamentos. A contaminação é inerente ao trabalho agrícola e faz parte do cotidiano da produção do campo. Por isso, a manutenção preditiva  é crucial para evitar que as impurezas danifiquem um equipamento agrícola. Chamamos aqui de manutenção preditiva a metodologia, a “filosofia corporativa” ou a técnica de manutenção que leva em consideração o estado exato do equipamento agrícola. Uma equipe multidisciplinar de especialistas realiza acompanhamentos periódicos por meio de dados coletados em inspeções programadas e monitoramentos. Dessa forma, torna-se possível antecipar e até mesmo evitar problemas que, certamente, vão dar muita dor de cabeça aos gestores, obrigando a empresa a realizar maiores gastos com reparos, realizar interrupções na produção, prejudicando, assim, toda uma cadeia produtiva.

A manutenção preditiva em máquinas agrícolas deve ser feita em intervalos indicados pelo plano de manutenção, considerando a utilização em situações normais de operação ou podendo variar de acordo com alguma necessidade observada pelo operador do equipamento ou pela equipe técnica da empresa: fatores naturais e condições adversas, como lama, água, areia, poeira e demais partículas e outras substâncias degradantes.

 

As especificidades da manutenção do óleo

Ferramenta essencial da manutenção preditiva, a análise de óleo traz informações preciosas sobre a sua frota agrícola. Essa prática consegue detectar tanto a contaminação de componentes quanto o desgaste de peças dos equipamentos. Os dados coletados com a análise servem como um guia na tomada de decisão dos gestores.

O diagnóstico é obtido mediante um estudo laboratorial das partículas sólidas contaminantes presentes nos óleos lubrificantes. Trata-se de um estudo capaz de identificar com precisão detalhes sobre as propriedades dos óleos e o nível das substâncias contaminantes presentes nos fluidos.

A viscosidade e a classificação de desempenho são algumas das principais particularidades consideradas numa análise de óleo dos motores de equipamentos agrícolas. A viscosidade é responsável por definir a espessura do óleo; seu principal influenciador é a temperatura – a variação da temperatura é representada pelo Índice de Viscosidade (IV). Já a classificação de desempenho configura-se como uma avaliação da performance do óleo no equipamento, regulada pelo órgão American Petroleum Institute (API). O procedimento de Classificação API para motores é composto de testes em vários motores a fim de avaliar um tipo específico de desempenho do óleo.

 

Processos de manutenção preditiva

O processo de manutenção preditiva da Oilcheck começa com uma análise de óleo das máquinas agropecuárias. É nessa etapa que se torna possível detectar falhas prematuramente e fornecer informações valiosas aos especialistas. A próxima etapa diz respeito às definições sobre em quais equipamentos e componentes será feita a análise. Para cada compartimento, existe um escopo predefinido que melhor atenda a sua condição de operação.

Na terceira fase de operação, é feita a coleta do fluido, uma das mais importantes etapas de todo o processo. É preciso fazer a coleta com as ferramentas certas para implementar o programa de manutenção. Após a coleta, a Oilcheck recebe a amostra, sendo o único laboratório a disponibilizar o resultado em 24 horas.

O processo de interpretação da Oilcheck é realizado por profissionais especializados em mecânica e química, transmitido por meio do relatório da análise com linguagem simples e objetiva, abordando por completo todas as ações de inspeção necessárias para a manutenção assertiva. Assim, por intermédio de vários canais de comunicação, os especialistas Oilcheck direcionam o gerenciamento dos ativos com foco em gestão. Em um trabalho conjunto com o cliente, o foco está sempre na redução de custos e na maior disponibilidade de seu equipamento.

 

Benefícios da manutenção preditiva

Só depois de uma minuciosa interpretação da análise de óleo, é possível identificar a necessidade da troca de componentes hidráulicos e mecânicos nos equipamentos agrícolas. Dentre os principais benefícios desse procedimento, podem-se destacar:

  • Antecipação de riscos: o desgaste ao longo do tempo e a contaminação por outros elementos são situações naturais ao processo operacional das máquinas, mas somente de posse dos indicadores da análise de óleo podem-se antecipar os riscos de futuras falhas mais graves nos equipamentos.
  • Redução de custos com manutenção: estudos de casos comprovam a redução de custos pela análise de óleo. Veja aqui. No caso do óleo, a análise como medida de manutenção preditiva é um investimento bem menor, se comparado aos reparos necessários de uma manutenção corretiva.
  • Evitação de paradas desnecessárias: quando há falhas nos equipamentos agrícolas, são necessárias paradas para a manutenção ou até mesmo para a troca de componentes. A parada de máquinas pode significar a interrupção de todo o processo produtivo e um impacto na produtividade da empresa e na produção agrícola de todo o país. A análise de óleo, por sua vez, evita essas paradas desnecessárias, já que pode ser realizada durante o trabalho dos equipamentos agrícolas.
  • Aumento da vida útil: esse tipo de manutenção possibilita que ações possam ser tomadas no momento certo, evitando desgaste dos equipamentos ou perda de algum componente importante em decorrência de alguma falha não identificada ou prevenida. A análise de óleo também permite identificar partículas em suspensão que podem orientar ações mais assertivas e precoces de manutenção.
  • Produtividade: inspeções periódicas e acompanhamento rigoroso dos equipamentos possibilitam que eles estejam sempre prontos para ser usados e funcionem na sua mais alta capacidade, gerando, assim, mais produtividade e rendimento.

Visando obter mais informações sobre a importância da análise de óleo para os equipamentos agrícolas, faça o download gratuito do nosso estudo de caso completo para agronegócio.

 

Conclusão: a prevenção é essencial para o agronegócio

A análise de óleo pode trazer ganhos significativos para o agronegócio em termos de qualidade da manutenção e redução de custos. Em um importante equipamento como uma colhedora, por exemplo, se a análise em uma pequena amostra de óleo indicar que há queda na viscosidade do lubrificante e alta contaminação por diesel, significa que há irregularidades no sistema de injeção.

Diante disso, é possível realizar verificações pontuais ligadas ao problema, detalhando ainda mais suas causas. Isso permite orientações mais precisas com relação às alternativas de inspeção. Nessa situação, a contaminação do óleo pelo diesel poderia ser causada por um vazamento no retentor da bomba injetora. Para solucionar esse problema, basta que sejam trocadas apenas as vedações. Caso o problema não tivesse sido identificado por meio da análise de óleo, poderiam ocorrer falhas na parte superior do motor, danos em pistões, camisas e outros, gerando custo ainda maior.

 Fale com um especialista da Oilcheck e saiba como economizar com seu equipamento agrícola.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS