Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Manutenção

Como saber se uma inspeção é tecnicamente viável

 06 de março

A norma SAE International para a Manutenção Centrada na Confiabilidade (RCM) deve ser atendida se for tecnicamente viável e se valer a pena aplicá-la. A parte mais difícil é identificar quando uma tarefa é tecnicamente viável. Vejamos o QUADRO 1:

 

Concentre-se principalmente nos critérios 4, 5 e 6 do QUADRO 1. Os três primeiros critérios envolvem o que é chamado de “intervalo entre a falha potencial e a falha funcional” (intervalo PF) ou “o intervalo de degradação”. A FIG. 1 (abaixo) é uma ilustração do intervalo PF.

Resumidamente, o intervalo PF é o tempo que leva para que a falha progrida de falha potencial (Ponto B na FIG. 1) para falha funcional (Ponto C na FIG. 1). O intervalo de inspeção não pode ser maior do que o intervalo PF, que, por sua vez, pode ser calculado ou estimado.

 

Este artigo descreve como calcular o intervalo de inspeção dentro do intervalo PF.

O critério 4 do QUADRO 1 indica que a tarefa pode ser realizada em intervalos menores do que o intervalo de degradação. Se o intervalo de degradação for demasiado curto para que a inspeção proposta seja razoavelmente executada, então se conclui que a inspeção não é tecnicamente viável.

O critério 5 estabelece que o tempo de reação deva ser suficientemente longo para que se possa executar uma ação predeterminada. Quando um item encontrado está em condição de falha potencial, ele deve ser operacional até que possa ser reparado ou substituído antes de falhar funcionalmente. Se a resposta para encontrar uma falha potencial é desligar o item, então a inspeção forneceu menos valor. A principal razão para a inspeção é dar um aviso para que o reparo possa ser planejado e agendado no momento mais oportuno a fim de minimizar a perda de produção. Portanto, o intervalo de degradação e o intervalo de inspeção devem ser suficientemente longos para que o reparo seja planejado e programado, uma vez que a condição de falha potencial seja encontrada.

Por último, o critério 6 estabelece que os critérios de segurança, ambientais e econômicos sejam respeitados. O primeiro passo para responder a esse critério é definir os limites de segurança, ambientais e econômicos. Limites econômicos são bastante diretos e serão abordados mais tarde.

Os limites de segurança e ambientais são mais complicados. A chave para a segurança e os limites ambientais é identificar a probabilidade tolerável de permitir uma falha funcional (P tol). Isso é difícil porque a primeira resposta da administração é que nenhuma falha deve ser considerada tolerável. Infelizmente, reduzir a probabilidade de falha para zero é impossível. Portanto, uma probabilidade praticável deve ser identificada.

 

Conclusão

Para ser uma tarefa útil, a inspeção deve ser capaz de detectar uma condição de falha potencial com aviso suficiente para que se possa fazer algo em relação a ela antes que a falha funcional aconteça. Deve também ser capaz de reduzir a probabilidade de falha a um nível tolerável ou ser economicamente viável para a empresa.

 

Fonte: reliabilityweb.com

 

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS