Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Análise de Óleo

4 principais culpados pelos atrasos na operação de pás carregadeiras

 05 de julho

A mineração é uma atividade na qual são realizadas operações de grande escala, sendo necessário o transporte de materiais de diferentes formas, tamanho e densidade, além do carregamento de quantidades exorbitantes de sólidos em suspensão e objetos diversos sobre o solo.

Por conta disso, há a utilização de equipamentos robustos, com grande resistência e significativa capacidade de carga para movimentar os volumes explorados e viabilizar economicamente a atividade. Dentre essas máquinas, estão as pás carregadeiras de grande porte, que têm peso operacional acima de 20 t, caçambas de mais de 3 m³ e capacidade de carga superior a 6 t.

Podendo substituir até mesmo os tratores de esteira na abertura de estradas e terreiros, é de suma importância para a mineração que o funcionamento das pás carregadeiras seja contínuo, tornando os processos mais eficientes e potencializando os resultados.

Abaixo, listamos alguns dos principais culpados pelos atrasos na operação das pás carregadeiras e damos dicas de como evitá-los:

Pausas não programadas

Quando não é feito um planejamento para a utilização das pás carregadeiras ou quando ele é realizado, mas de forma descuidada, as chances de ocorrerem pausas não programadas no serviço das pás carregadeiras são maiores, podendo comprometer bastante os resultados.

O tempo perdido quando os operadores retardam o início do trabalho paralisa a produção sem motivo justificável e, em consequência, interrompe o processo antes do fim do expediente. Isso tem um impacto grande.

Realizar a manutenção preditiva e, nutrido de maior quantidade de informações, elaborar um planejamento bem feito, é imprescindível para tornar as ações das pás carregadeiras mais eficientes.

Conheça 5 técnicas de manutenção preditiva para aumentar a performance.

Aumento do tempo ciclo

Outro ponto importante de se ressaltar é que o aumento do desempenho não corresponde, necessariamente, ao aumento no tempo de ciclo das pás carregadeiras, já que, mesmo operando em maior tempo, a produtividade pode diminuir, seja pelo menor rendimento dos operadores, seja pelo próprio maquinário.

Dessa maneira, é fundamental atentar para esse ponto na elaboração do planejamento, não confundindo a maior produtividade desejada com o maior número de horas de operação das máquinas. A manutenção preditiva feita por profissionais capacitados e a orientação adequada para se tomar as melhores ações podem evitar esses equívocos.

Redução do enchimento médio da caçamba

As perdas por redução do enchimento médio da caçamba, que muitas vezes passam despercebidas, também são bastante comuns nas rotinas das pás carregadeiras e acabam afetando bastante na produtividade.

Esse é um fenômeno em que, na realização dos carregamentos, os operadores acabam transportando menos que o adequadamente suportado pelas caçambas, o que faz com que, consequentemente, a quantidade final de produto transportado seja menor do que a esperada.

Por ser um problema crônico, além disso, é a mudança na rotina e o constante monitoramento da quantidade transportada que podem melhorar a situação. Confira os métodos presentes na manutenção preditiva que podem beneficiar a sua empresa nesse ponto.

Falta de análise de óleo

Por fim, e complementarmente a tudo o que foi abordado, a não realização da análise de óleo das pás carregadeiras pode acarretar atrasos bastante significativos na produção.

A análise de óleo evita paradas não previstas do maquinário, faz com que os operadores conheçam melhor a máquina com a qual estão trabalhando e, como resultado, evita a possível instabilidade na fluidez de produção. Confira os 5 benefícios da análise de óleo.

Conclusão

Vimos aqui que a manutenção preditiva e a realização da análise de óleo são imprescindíveis para o melhor funcionamento das pás carregadeiras, já que evitam atrasos na operação e ajudam os funcionários a potencializar os resultados. Procurar profissionais capacitados que possam oferecer esses serviços, dessa forma, ajuda a evitar custos e imprevistos.

Em um estudo de caso realizado pela Oilcheck, foi constatado que uma carregadeira apresentava alguns problemas. O analista ligou para o cliente com a intenção de aprofundar os detalhes e dar orientações mais específicas. Ao final, o cliente evitou um gasto aproximado de R$ 30 mil. Confira aqui o estudo de caso completo.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS