Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Análise de Óleo

Motor a diesel: propriedades vs. desempenho

 23 de novembro

Introdução: o motor a diesel

Os motores a diesel são dispositivos de combustão interna, em que a combustão se faz pelo aumento da temperatura provocado pela compressão do ar. Algumas das principais dúvidas sobre a manutenção preditiva se referem a esse tipo de motor e ao uso de seus óleos. Dessa forma, discutiremos neste post um pouco sobre as diferentes propriedades dos motores a diesel e como elas afetam seu desempenho.

Para o bom funcionamento de um motor de ignição por compressão, o uso de um lubrificante que siga as especificações do fabricante é essencial, uma vez que o lubrificante possui muitas funções, sendo a principal delas manter as partes móveis do motor com o mínimo de atrito entre si. O uso de um lubrificante fora das especificações ou com contaminantes, como água e combustível, causa uma série de danos ao motor, como o desgaste, o superaquecimento e o baixo rendimento.

Atualmente, a manutenção é observada como algo fundamental para empresas que buscam se destacar no mercado, cada vez mais competitivo. Para que isso ocorra, o uso de ferramentas estratégicas que proporcionam melhoria do parque industrial é muito importante. A análise do óleo lubrificante é uma dessas ferramentas capazes de indicar a vida útil das partes internas de um equipamento. Acompanhando essa evolução, o uso de novas fontes de energia também ganha espaço, destacando-se as fontes ecologicamente corretas, chamadas de “fontes de energia limpa”, como é o caso do biodiesel, combustível substituto do diesel mineral, que pode ser produzido a partir de plantas oleaginosas ou gorduras animais.

 

Influência das propriedades do combustível no motor

O uso da ferramenta manutenção preditiva está diretamente ligado à boa produtividade e disponibilidade do parque industrial, sendo a análise de óleo lubrificante uma ferramenta que garante a boa qualidade dos componentes internos dos equipamentos. Para motores à combustão interna acionados por ciclo diesel, o uso dessa ferramenta analisa o tipo de desgaste nos componentes internos e também possibilita uma análise minuciosa nas propriedades do óleo lubrificante utilizado.

O tipo de lubrificante empregado também pode ser fator determinante para o bom funcionamento do sistema, já que um óleo com especificação inadequada pode acarretar superaquecimento ou desgastes anormais no motor. A utilização do lubrificante correto não descarta o monitoramento, pois pode haver contaminação com o combustível utilizado ou com os produtos de sua queima.

Com a contaminação do lubrificante pelo combustível ou com a própria combustão do biodiesel, o lubrificante pode sofrer alterações físico-químicas. Isso muitas vezes ocasiona desgastes ou outros tipos de consequência ao motor, sendo fundamental o monitoramento por meio da análise do lubrificante para o bom desempenho do motor a diesel. Listamos, a seguir, algumas das principais propriedades do combustível no motor e como elas podem afetar seu desempenho.

 

  • Densidade

Referente à massa contida em determinado volume, a densidade afeta a potência, as emissões e a economia de combustível do motor.

 

  • Viscosidade

Consiste no tempo de escoamento do combustível em capilar padronizado e afeta a atomização, bem como a lubrificação do sistema de injeção.

 

  • Destilação

Trata-se da faixa de temperatura de vaporização à pressão atmosférica, podendo afetar a potência, além de causar fumaça e depósitos no motor.

 

  • Número de cetano

Relativo à qualidade de ignição, o número de cetano pode interferir no desempenho do veículo e, consequentemente, na economia de combustível. Fumaça e barulho são problemas comuns em veículos a diesel, especialmente sob condições de partida a frio.

 

  • Teor de enxofre

Deve-se analisar o enxofre total presente no motor, já que, dependendo do teor, pode ocasionar desgastes em cilindros e anéis, além de afetar depósitos no motor e suas emissões.

 

  • Ponto de fulgor

Consiste na temperatura mais baixa na qual o produto se vaporiza em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável com o ar. Esse aspecto afeta a segurança e o sistema de injeção tamponamento.

 

  • Corrosividade do cobre

Referente ao potencial de corrosividade do produto diante da presença de enxofre e seus derivados. Pode afetar a vida útil dos tanques, bem como de linhas e partes internas do motor.

 

  • Ponto de entupimento

Trata-se da temperatura de início de cristalização de parafinas, que pode afetar o entupimento de filtro e o escoamento do combustível.

 

  • Água e sedimentos

Relativo à contaminação com água e impurezas, podendo causar entupimento de filtro, desgaste de bomba e de bico injetor, borra no tanque, corrosão e combustão do motor.

 

Conclusão

 Agora que você conhece um pouco mais sobre os motores a diesel e suas propriedades, você também possui mais informações sobre as necessidades do maquinário de sua empresa. Para a garantia de alta produtividade e bom desempenho do motor a diesel, é necessário acompanhamento rigoroso, com a aplicação dos métodos que compõem a manutenção preditiva, como a análise de óleo.

A ausência desse tipo de manutenção deixa os motores a diesel e demais máquinas passíveis de sérios desgastes e problemas em componentes importantes, podendo acarretar até mesmo a parada nas operações.

 

Cuide bem do seu equipamento gastando menos. Fale com a Oilcheck.

Comentários:

Pedro Hernandes | 17 de julho
Obrigado, Roberto. Ficamos muito felizes que tenha gostado. Clique aqui para saber mais sobre o assunto: http://materiais.oilcheck.com.br/contaminacao-do-oleo-diesel

Comentários:

Roberto Domingos | 17 de julho
Bom-dia gostei deste conteúdo...

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS