Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo. Fale com um especialista

Análise de Óleo

5 informações essenciais para saber antes de selecionar um laboratório de análise de óleo

 21 de abril

A escolha de um laboratório de análise de óleo é de suma importância para preservar a saúde do maquinário de sua empresa e para que os processos aconteçam de maneira mais fluida. Dessa forma, é essencial buscar algumas informações primárias antes de escolher um laboratório, como:

– O laboratório possui escopo que atende a seu segmento?

– O laboratório tem alta taxa de assertividade nos relatórios?

– Qual será o meu custo-benefício: escopo, prazo e valores?

 

Os passos de uma análise de óleo

A análise de óleo, vale destacar, é um procedimento de diagnóstico responsável por monitorar e avaliar as condições dos fluidos e dos equipamentos.

Por meio dela, pode-se evitar a desmontagem desnecessária de máquinas para inspeção e a determinação antecipada da necessidade de manutenção, obtendo-se, consequentemente, aumento no tempo de disponibilidade dos equipamentos.

O procedimento é subdividido em cinco passos e pode ser mais bem compreendido no conteúdo disposto neste e-book.

 

5 informações essenciais antes de selecionar

Além disso, para ajudá-lo a selecionar o melhor laboratório para análises de óleo de seu maquinário, listamos abaixo cinco orientações essenciais que você precisa saber.

 

1. Nível de interpretação

O primeiro ponto para se atentar antes de selecionar um laboratório para análise de óleo diz respeito ao nível da interpretação prestada pelo laboratório. Ou seja, conhecer melhor a qualidade dos relatórios entregues pelos laboratórios é essencial para fazer sua escolha.

Nesse sentido, vale priorizar um laboratório que trabalhe com diagnósticos que tragam as informações mais relevantes de maneira mais clara, o que faz com que o cliente, mesmo não sendo perito em mecânica ou química, consiga entender o que acontece com seu equipamento.

Pensando nisso, a Oilcheck produz relatórios simples e objetivos, facilitando esse entendimento do cliente e agilizando suas ações.

A interpretação na Oilcheck, além disso, é realizada por técnicos mecânicos e químicos, sendo o único laboratório a possuir especialistas automotivos e industriais para a interpretação. A empresa, vale ressaltar, é tida como o laboratório independente que mais processa amostras no Brasil.

Mais informações sobre os relatórios gerados pela Oilcheck podem ser obtidas neste link.

 

2. Qualidade e credibilidade

Outro fator importante a ser observado para a escolha do melhor laboratório leva em conta a qualidade do serviço ofertado e a credibilidade da empresa que presta esses serviços.

Como a análise de óleo influi bastante no andamento da rotina de trabalho, qualquer erro ou diagnóstico mal feito pode prejudicar bastante o rendimento. Assim, é melhor procurar por laboratórios com profissionais gabaritados e de larga experiência para realizar a análise de óleo.

Um relatório de análise de óleo completo reporta um diagnóstico preciso e assertivo sobre o lubrificante utilizado em seu equipamento, bem como a saúde do compartimento analisado. Seguem alguns pontos importantes para se analisar se o relatório é completo:

Espectrometria de emissão ótica a plasma – ASTM D 5185: com este processo, podem-se detectar claramente indícios de início de um desgaste abrasivo com sugestões de atuação antes de se tornar um desgaste acentuado.

Espectrometria por infravermelho – ASTM E 2412-04: consiste em um conjunto de ensaios que reporta informações, tais como a base dos lubrificantes, as possíveis contaminações e a degradação do fluido.

Índice de Basicidade Total – TBN – ASTM D 4739: é um aditivo adicionado ao óleo novo com o objetivo de neutralizar os ácidos gerados durante o processo de combustão do motor.

Índice de Acidez Total – TAN – ASTM D 664: análise aplicada para óleos hidráulicos que indica o nível de acidez do óleo gerado por meio de reações com o oxigênio.

Teor de Água por Karl Fischer: método moderno e preciso que quantifica a porcentagem de água presente no lubrificante.

Contagem de partículas ISO 4406:1999: este teste quantifica a quantidade de partículas presentes na amostra do óleo e realiza a separação por tamanhos.

Norma ASTM: todos os ensaios são normatizados pela ASTM (American Society for Testing and Materials), o que assegura e dá confiabilidade dos resultados gerados pelos equipamentos de análise do laboratório.

Todos esses quesitos ajudam a identificar se o relatório de análise de óleo produzido pelo laboratório observado passa credibilidade e é de qualidade. Também auxiliam na avaliação do custo-benefício deste serviço, você pode estar pagando caro e deixando de ter um resultado satisfatório ou mesmo pagando pouco mas deixando itens importantes como estes de lado.

 

3. Tempo de retorno

O tempo de retorno do laboratório é outro ponto que deve ser destacado em sua escolha. Uma análise rápida agiliza nas tomadas de decisão e permite que a empresa conserte suas falhas mais rapidamente.

A Oilcheck é a única empresa a disponibilizar os resultados em até 24 horas,* o que é possibilitado pelo Sistema 360, que explicaremos abaixo. Acesse aqui o site da empresa e saiba mais sobre a agilidade do retorno da Oilcheck.

*O prazo de 24 horas citado refere-se a amostras recebidas no laboratório com o registro eletrônico completo, que terão seus relatórios disponibilizados até a zero hora do dia seguinte ao recebimento no laboratório. As amostras sem registro eletrônico serão disponibilizadas em até 72 horas, ao passo as amostras com escopos diferenciados terão seus prazos alinhados diretamente com o laboratório.

 

4. Acompanhamento do processo

A quarta informação essencial diz respeito ao acompanhamento do processo de análise de óleo. Não basta realizar um bom relatório; é preciso acompanhar os clientes e auxiliá-los quanto aos possíveis problemas detectados.

Por conta disso, a Oilcheck desenvolveu o Sistema 360, ferramenta de acompanhamento exclusiva da empresa que une a praticidade para cadastrar novos equipamentos com uma visualização clara de seus resultados em uma mesma tela.

O Sistema 360 oferece, principalmente, dois grandes benefícios: melhor experiência de uso nas funcionalidades já existentes, dando aos clientes informações e ferramentas necessárias para trabalhar com mais autonomia na plataforma; e novas funcionalidades para auxiliá-los no planejamento e na gestão dos resultados. Conheça mais sobre a ferramenta.

 

5. Suporte técnico

Entender como funciona o suporte técnico do laboratório é essencial. Afinal, quando surgir alguma dúvida ou precisar entrar em contato por algum motivo, você não pode ficar sem respostas.

De maneira a facilitar o processo de análise de óleo, a Oilcheck conta com a Interpretação Ativa, programa que visa facilitar o contato entre a empresa e o cliente e, consequentemente, esclarecer possíveis dúvidas a respeito dos relatórios.

Dessa forma, é feito o contato entre os responsáveis pela análise de fluidos e os contratantes dos serviços para que ambos possam conversar a respeito do relatório. Essa relação é estabelecida sobretudo quando a amostra é classificada com o status crítico, o que ajuda o cliente a tomar as medidas necessárias.

Nesse processo, são repassadas mais informações e inspeções para o usuário com o intuito de identificar a causa do problema com atuações assertivas e precisas, sempre com foco na redução de custos e maior disponibilidade de seu equipamento.

A Oilcheck se preocupa com a saúde do seu equipamento e de estar mais próxima da sua equipe de manutenção, auxiliando-o cada vez mais em seu cotidiano.

 

Conclusão

Em termos de redução de custos e qualidade de manutenção, a análise de óleo traz ganhos significativos para a sua empresa. Dessa forma, deve-se ter bastante cuidado na escolha do laboratório de análise de óleo que realizará esse serviço. Esperamos ter contribuído para a sua escolha.

Clique aqui e faça agora uma cotação de análise de óleo para a sua empresa.

Comentários:

Rômulo | 17 de maio
Texto muito bem elaborado, bem esclarecido

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças O que significa o S10 para óleo diesel? As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal As cinco funções básicas do óleo lubrificante Motor a diesel: você conhece suas principais partes?

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS