Tudo para você melhorar a performance dos seus equipamentos e evitar manutenções de alto custo.

Análise de Óleo

Saiba mais sobre o óleo reciclado

 11 de setembro
Os óleos lubrificantes têm como função principal reduzir o desgaste e o atrito entre as partes móveis de um sistema. Os lubrificantes são formados por um óleo básico que pode receber aditivos podendo ser encontrados em diferentes formas, variando da líquida à semilíquida. O óleo lubrificante pode e deve ser reaproveitado. Um litro de óleo é capaz de acabar com o oxigênio de um milhão de litros de água. Uma tonelada do produto, por sua vez, polui o mesmo que 40 mil pessoas o fazem. No Brasil, a situação da reciclagem ainda é preocupante: a cada um bilhão de litros consumidos no país, apenas 250 milhões são coletados para reciclagem. Neste sentido, há diferentes procedimentos para fazer a recuperação do óleo lubrificante. Uma delas é o rerrefino, técnica que permite que o óleo seja reutilizado como matéria-prima de outros produtos. O rerrefino é o processo industrial que remove aditivos, contaminantes e produtos de oxidação do lubrificante, seja ele usado, seja ele contaminado. O rerrefino confere ao produto final as mesmas características do óleo original (ou muito próximas ao do óleo original). Essa técnica pode ser feita somente em refinarias especiais de grande porte. Há também outros procedimentos para a recuperação do óleo lubrificante usado, como filtração, termovácuo e centrifugação. Enquanto o rerrefino é processo executado em uma refinaria especial, os demais procedimentos podem ser executados pelo próprio usuário final.  

Óleo novo

O óleo lubrificante considerado “acabado” é o óleo colocado para uso do consumidor. Esse lubrificante é formulado a partir dos óleos básicos, sejam eles de origem mineral, sejam eles sintéticos. Estes óleos podem ainda receber aditivos. Como já dissemos, a função principal dos óleos lubrificantes é a de reduzir o desgaste e o atrito entre partes móveis de um sistema. Além disso, tais fluidos representam um meio de transferência de calor, auxiliando na refrigeração. Uma das funções do óleo lubrificante é retirar as partículas resultantes do processo de desgaste e eventuais contaminantes. As partículas são mantidas em suspensão no óleo para que o trabalho dos filtros seja facilitado. Manter a máquina "limpa" prolonga sua vida útil. Ademais, o óleo lubrificante atua como agente de vedação e auxilia na proteção contra a corrosão. A manutenção preditiva permite avaliar as condições da máquina e do lubrificante indicando se há necessidade de intervenção para recuperação. O óleo lubrificante que se encontra no fim de sua vida útil e é impróprio para uso deve ser obrigatoriamente recolhido e receber destinação adequada, para que o meio ambiente não seja afetado.  

Óleo reciclado

O óleo usado pode ser reaproveitado de várias formas. No campo é possível retirar o particulado ou a água contaminante por filtração ou centrifugação ou ainda o termovácuo. Já o rerrefino é um processo mais profundo executado em refinarias especiais. São removidas todas as impurezas químicas, os metais pesados, a água e os solventes, incluindo o combustível. O combustível, por sua vez, é separado do óleo e redestilado para reaproveitamento. O óleo resultante do rerrefino é muito semelhante ao óleo básico original após tratamentos químicos de estabilização. Ao fim, o óleo é testado sobre a qualidade e a pureza e é, enfim, destinado à venda para a fabricação de novos lubrificantes.  

Conclusão

Não importa o tipo de óleo utilizado. As técnicas de análise de óleo podem ser verdadeiras aliadas nesse processo, permitindo avaliar as condições da máquina e do lubrificante e indicando se há necessidade de intervenção para a recuperação.   Se você tem dúvidas sobre a qualidade do óleo lubrificante que está usando, faça uma cotação conosco!
Artigo escrito por Manutenção Preditiva
Editor do manutencaopreditiva.com

Comentários:

CARLOS ALBERTO DE LIMA | 14 de setembro
MUITO BOM O ARTIGO. SOMOS DA FILTROIL QUIMICA E AMBIENTAL E REALIZAMOS TODA A REGENERAÇÃO DE OLEO DE TURBINA PARA A ITAIPU. ESTAMOS DISPONÍVEIS PARA O QUE PRECISAR.

Posts

Mais lidos

Manutenção Preventiva x Manutenção Preditiva: Saiba a Diferença Quais os objetivos da manutenção preditiva? Análise de óleo: tudo o que você precisa saber sobre o assunto. As falhas mais comuns ligadas à lubrificação de motores Descubra o que é MTTR e MTBF e quais são suas diferenças Saiba qual é o Planejamento e Controle da Manutenção ideal Manutenção preditiva: tudo o que você precisa saber sobre o assunto Motor a diesel: você conhece suas principais partes? Saiba mais sobre os tipos de análise de óleo A importância da manutenção preditiva

Material

Gratuito

Gostou do que leu? Deixe um comentário!

Receba as atualizações e novidades do Blog

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form :(

Nossos Parceiros
ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG
MANUTENÇÃO PREDITIVA
E SAIBA TUDO PARA MELHORAR
A PERFORMANCE DOS SEUS EQUIPAMENTOS